Martinho da Vila - Pra que dinheiro e Pequeno burgues (Cifras)

cavaco,cavaquinho,nota,notas,acorde,acordes,solos,partitura,teoria,cifra,cifras,montagem,banjo,dicas,dica,pagode,nandinho,antero,cavacobandolim,bandolim
G             Em         Am
Dinheiro pra que dinheiro...
             D7             G
Se ela não me dá bola
               Em          Am
Em casa de batuqueiro
                       D7       G
Só quem fala alto é viola

             Em                            Am
Aquela mina não quis me dar bola
              D7                        G
Eu tinha tanta grana pra lhe dar
             Em                          Am
Aquela mina não quis me dar bola
              D7                        G
Eu tinha tanta grana pra lhe dar
                 Em                  Am
Chegou um cara com uma viola
         D7                        G
E ela logo começou a bolar

G          Em         Am
Dinheiro pra que dinheiro...
           D7             G
Se ela não me dá bola
              Em          Am
Em casa de batuqueiro
                    D7       G
Só quem fala alto é viola

                Em                Am
Eu era um cara muito solitário
               D7                       G
Não tinha mina pra me namorar
                Em                Am
Eu era um cara muito solitário
               D7                       G
Não tinha mina pra me namorar

                Em                     Am
Depois que eu comprei uma viola
            D7                         G
Arranjo nêga em qualquer lugar

          G             Em            Am
Felicidade, passei no vestibular
C                 D7             G         D7
Mas a faculdade, é particular
         G       Em            Am   C
Particular, ela é particular
         D7                 G
Particular, ela é particular

D7               G
Livros tão caros
         Em            Am
Tanta taxa pra pagar
             C                D7
Meu dinheiro muito raro
                                    G     D7
Alguém teve que emprestar

             G                Em                  Am
Meu dinheiro alguém teve que emprestar
C           D7                                        G
Meu dinheiro alguém teve que emprestar

D7               G
Morei no subúrbio
          Em             Am
Andei de trem atrasado
        C                     D7
Do trabalho ia pra aula
                                   G
Sem jantar e bem cansado

                 D7                  G
Mas lá em casa à meia-noite
         Em                     Am
Tinha sempre a me esperar
            C                  D7
Um punhado de problemas
                         G   D7
E crianças pra criar

          G          Em            Am
Para criar, só crianças pra criar
C           D7                           G
  Para criar, só crianças pra criar

D7           G
Mas felizmente
       Em                Am
Eu consegui me formar
           C                    D7
Mas da minha formatura
                                 G
Nem cheguei a participar

               D7          G
Faltou dinheiro pra beca
         Em                Am
E também pro meu anel
          C              D7
Nem o diretor careca
                            G   D7
Entregou o meu papel

             G              Em            Am
O meu papel, meu canudo de papel
C                D7                              G
   O meu papel, meu canudo de papel

       D7                 G
E depois de tantos anos
             Em               Am
Só decepções, desenganos
        C                      D7
Dizem que sou burguês
                   G
Muito privilegiado

               G7/9              C
Mas burgueses são vocês
                                D7         Em
Eu não passo de um pobre coitado
                      E7/4         Am
E quem quiser ser como eu
                     D7             G Em
Vai ter que penar um bocado

                Am
Um bom bocado
         D7                   G
Vai penar um bom bocado
Em            Am
Um bom bocado
         D7                  G
Vai penar um bom bocado

Em            Am
Um bom bocado
         D7                  G
Vai penar um bom bocado