Acordes Relativos.

Olá pessoal, vou falar um pouco sobre acorde relativo. Nesse exemplo usarei os relativos maiores e menores. Um acorde relativo menor de um acorde maior sempre será 1 tom e meio abaixo. Digamos que você faça o acorde C (no violão) e a tônica (C) está na terceira casa da quinta corda. Três casas para trás (1 tom e meio), teremos a quinta corda solta, que é A (Lá). Portanto, o acorde relativo de C é Am. Para encontrar o relativo maior de um acorde menor, sempre 1 tom e meio acima.
São acordes que tem duas ou mais notas em comum com a Tônica

Ex. o acorde de C(Dó maior)    = C   E   G
                         Am (La menor) = A   C   E

 Veja a tabela

Desenho de cifras de cavaquinho, cavaco,cavaquinho,nota,notas,acorde,acordes,solos,partitura,teoria,cifra,cifras,montagem,banjo,dicas,dica,pagode,nandinho,antero,cavacobandolim,bandolim

Saber os acordes relativos, ajuda na hora de compor ou “tirar” músicas.

Geralmente você vê nas músicas, 1 acorde menor entre 3 ou 4 acordes maiores

No cavaquinho fica mais fácil explicar por que a maioria dos desenhos são parecidos, vou colocar 2 exemplos:
Desenho de cifras de cavaquinho, cavaco,cavaquinho,nota,notas,acorde,acordes,solos,partitura,teoria,cifra,cifras,montagem,banjo,dicas,dica,pagode,nandinho,antero,cavacobandolim,bandolim
Assim fica nítido que o C e o Am são relativos

Colaboradores desse post:
Murilo Estevam Serra Silva
Roberto Carlos Cirilo da Silva